Tomé

Aquele que deseja ser leal a Deus deve tratar seu próximo como um irmão amado.

Significado do nome Tomé

Tomé significa literalmente ‘gêmeo‘ e ‘irmão‘, embora também possa ser interpretado como ‘irmãos gêmeos‘. Sendo assim, este nome indica uma estreita relação familiar como principal chave para constituir um caráter sólido e nobre. Há também uma alusão metafórica ao fato dos seres humanos serem todos irmãos e semelhantes, já que são filhos de um mesmo Pai amoroso que os criou cheios de potências e capacidades.

E Jesus disse a Tomé: ‘Coloque o seu dedo aqui; veja as minhas mãos. Estenda a mão e coloque-a no meu lado. Pare de duvidar e creia’.

Jo 20:27

=

Origem do nome Tomé

Tomé é proveniente da forma aramaica Te’oma, que posteriormente ganhou a variante Thomas no grego e no latim. O português apresenta como mais recorrentes as variações Tomas e Tomás, muito utilizada pelo espanhol, assim como Thomas, que foi mantido das línguas antigas em idiomas modernos como inglês, francês e alemão.

O uso deste nome masculino que mais se distingue dos demais é o russo Foma, além da ocorrência Tamsyn, versão inglesa para mulheres.

Tomé na Bíblia

Tomé é um dos doze apóstolos de Jesus, possuindo considerável importância na hierarquia apostólica. Um de seus gestos marcantes foi quando Cristo recebeu a notícia de que Lázaro estava à beira da morte e, diferente dos outros que tentavam dissuadir o Messias da intenção de visitar o amigo moribundo, ele foi o único a incentivar a ida à Betânia para vê-lo (Jo 11:16), demonstrando assim uma lealdade imensa facilmente notável em qualquer situação. Outro ato marcante deste apóstolo foi quando ele foi um dos que presenciaram o Ressurreição, mas ficou receoso com a veracidade daquilo que estava vendo e foi o único que precisou tocar no corpo do Filho de Deus para crer (Lc 24:39).

Seu nome é citado diretamente em um total de onze passagens que estão majoritamente localizadas no Evangelho de João, volume integrante do Novo Testamento das Escrituras Sagradas.