Misael

Não há melhor companhia que o Senhor, pois ele é onipresente e Todo-Poderoso.

Significado do nome Misael

Os significados mais tradicionalmente atribuídos a Misael são ‘aquele que está com Deus‘ e ‘o que é semelhante ao Senhor‘, além de sentidos como ‘próximo do Pai‘ ou ainda ‘o que não se distancia da fé‘. Trata-se de um nome que remete à necessidade de se manter a crença em pleno vigor, sem se desvencilhar dos princípios por Ele estabelecidos.

O rei conversou com eles, e não encontrou ninguém comparável a Daniel, Hananias, Misael e Azarias; de modo que eles passaram a servir o rei.

Dn 1:19

Origem do nome Misael

Misael é um nome para homem originado a partir da forma hebraica primitiva Miysha´el, que posteriormente se tornou Mishael na língua inglesa, enquanto o idioma espanhol admite grafia idêntica à versão que é adotada pelo português.

Sua raiz etimológica é a mesma dos títulos Miguel e Micael.

Misael na Bíblia

Misael era o título hebraico de Mesaque, que recebeu a nova nomenclatura quando era mantido em cativeiro pelos babilônios (Dn 1:7). Ele foi levado forçosamente para a Babilônia assim como outros judeus notáveis a fim de aprender os costumes daquele império para difundi-los posteriormente. Junto a ele estavam o profeta Daniel, além de Hananias e Azarias, que passaram a se chamar Beltessazar, Sadraque e Abede-Nego, respectivamente. O episódio mais célebre envolvendo-o ocorre quando ele e seus amigos se recusam a prestar homenagem diante de um ídolo feito de ouro com vinte e sete metros de altura do imperador Nabucodonossor, fazendo com que o governante desse ordens de joga-los em uma fornalha (Dn 3:14-27). Para o espanto do tirano, os homens sairam ilesos do fogo, fazendo com que o verdadeiro Deus ganhasse respeito por parte do líder local, adepto às práticas pagãs (Dn 3:28-29). Outros dois personagens também recebem este título nas Escrituras, são eles: o filho de Uziel e primo de Arão (Ex 6:22) e um rapaz que se manteve ao lado de Esdras enquanto este fazia a leitura da Lei (Ne 8:4).

Este nome é citado em sete passagens da Bíblia Sagrada, sendo que a maioria delas está presente no livro de Daniel, componente do Antigo Testamento.