Zeus

O bem deve ser praticado com constância e indistintamente.

Significado do nome Zeus

Zeus tradicionalmente significa ‘céu luminoso‘ e ‘ele surge‘, embora algumas traduções sugiram ‘brilhante‘ ou ‘dia‘ como termos plausíveis de classificarem este nome completamente associado à benevolência e às grandes ações que só podem ser tomadas por um caráter íntegro e comprometido com suas causas.

O sacerdote de Zeus, cujo templo ficava diante da cidade, trouxe bois e coroas de flores à porta da cidade, porque ele e a multidão queriam oferecer-lhes sacrifícios.

At 14:13

Origem do nome Zeus

Zeus se origina a partir do grego Zeús, que na língua grega também derivou o título feminino Zenais, raíz para o Zenaide presente no português. É também responsável por formar Dionísio, antecessor de Denise que ocorre na língua francesa e também na portuguesa, assim como o nome masculino Denis ou Dênis, recorrentes no inglês e no alemão.

Algumas de suas variações como Diogenes e Diomedes, embora mais raras, possuem registros em diversas línguas.

Zeus na Bíblia

É considerado o deus que governava todos os outros deuses na mitologia grega e corresponde ao Júpiter presente nas lendas do panteão romano. Também era tratado como aquele que regia os homens e seus respectivos conhecimentos e crenças, sendo reconhecido como espécie de patrono da humanidade e os feitos que ela atingiu, resumindo em si o próprio conceito de divindade como uma espécie de governante justo e bondoso, embora de séria rigidez nos juízos que faz. Porém, para a tradição cristã ele é mais um deus pagão ou falso, já que não estava associado, na prática, ao verdadeiro Deus. Quando Paulo e Barnabé estão passando por Listra, são confundidos pelos habitantes da cidade com Hermes e Zeus, respectivamente (At 14:12).

Seu nome é citado em apenas duas oportunidades nas Escrituras Sagradas. Ambas estão localizadas no livro dos Atos dos Apóstolos, volume que compõe o Novo Testamento.