Diana

Só o Deus único e verdadeiro pode fortalecer o espírito e dignificar a Fé.

Significado do nome Diana

Diana significa ‘divina‘ ou ‘claridade‘, podendo ser compreendida também como ‘céu‘, ‘luminosa‘ e ‘lua‘. As interpretações em torno deste nome sugerem que ele traz consigo a importância do louvor perante às coisas que estão acima da Terra e suas respectivas influências no modo em como se vive cotidianamente.

E, ouvindo-o, encheram-se de ira, e clamaram, dizendo: Grande é a Diana dos efésios.

At 19:28

Origem do nome Diana

Diana se originou do latim Diviana e do sânscrito Dyauspita, sustentando a grafia que utiliza na língua portuguesa também nas línguas inglesa, italiana, espanhola e francesa. O russo também registra este título escrito da mesma maneira, embora com correspondências no alfabeto cirílico.

Dos idiomas modernos advindos do latim, só o francês possui distinções com as ocorrências Dianne e Diane, também adotada pelo inglês, e o português, que passou a admitir Daiane, Dyana ou Dayane.

Diana na Bíblia

Diana é a equivalente na mitologia romana da deusa grega Ártemis. Ela recebia a adoração pagã dos efésios e suas supostas bençãos baseavam-se em sucessos na fertilidade, na caça e na agricultura. Também era constantemente identificada com a lua e à graça dela se atribuíam os partos bem realizados, assim como era tida como patrona das moças em idade de casar e protetora das mulheres na hora da morte. Demétrio, um dos mercadores de Eféso, vendia aos peregrinos que por ali passavam diversas imagens e réplicas da divindade (At 19:24), porém viu seu negócio ser ameaçado quando Paulo esteve naquela localidade levando a palavra a respeito do verdadeiro Deus.

Seu nome é mencionado diretamente em apenas algumas traduções das Escrituras Sagradas. Na versão Almeida Corrigida Fiel (ACF) ocorrem cinco citações, todas elas no livro dos Atos dos Apóstolos, que pertence ao Novo Testamento.