É preciso ser paciente para agradar a Deus.

Significado do nome Jó

tradicionalmente é traduzido como ‘perseguido‘ e ‘pesaroso‘, embora também admita vários outros significados como ‘aquele que retornará‘ ou ainda ‘quem persiste‘, indicando assim uma forte relação com a persistência enquanto meio de vida. Trata-se de um nome de constante apologia à perseverança na fé.

Disse então o Senhor a Satanás: ‘Reparou em meu servo Jó? Não há ninguém na terra como ele, irrepreensível, íntegro, homem que teme a Deus e evita o mal’.

Jó 1:8

Origem do nome Jó

é proveniente da forma hebraica Yob ou Iyyov, que posteriormente se tornou Iob tanto no idioma grego quanto no latino. Há também a variação Ayyub, presente na língua árabe, bem como Job, registrada no inglês e no holandês.

A variante deste nome para homens que mais se distingue da ocorrida na língua portuguesa é Eyup, advinda do turco.

Jó na Bíblia

Classificado pelo profeta Ezequiel como um dos três homens mais retos que já existiram, assim como Noé e Daniel, ele é também um dos mais justos presentes nas Escrituras (Ez 14:14). Foi um rico fazendeiro e proprietário de terras que conquistou tudo o que tinha através de trabalho honesto, mas acabou perdendo seus bens todos de uma vez, caindo em total miséria. Apesar destes poréns, ele se manteve firme em sua crença no Senhor, acreditando que foi por vontade Dele que havia perdido as suas posses (Jó 1:21). Após este fato, ele recebe a visita de quatro amigos: Elifaz, Bildade, Zofar e Eliú, que passam a discutir com o próprio sobre ele provavelmente ter cometido alguns pecados graves para ficar naquela situação. Por fim, depois de tanto conversar com seus visitantes e ter muita paciência, ele reconhece aquilo que fez de errado e recebe, posteriormente, o dobro daquilo que possuía, retornando a uma vida próspera e ganhando sete filhos e três filhas que eram descritos como os mais lindos na Terra (Jó 42:11).

Este nome é mencionado na Bíblia em mais de sessenta passagens distribuídas entre o Velho e o Novo Testamento. Uma delas ocorre no volume de Tiago, enquanto todas as outras se dão no livro homônimo.